fechar
legalização

Relatório: Revendedores americanos continuam liderando as vendas de cannabis apesar da legalização

O jovem tem na mão botões de maconha medicinal. Cannabis é um conceito de fitoterapia. Legalização em todo o mundo

As vendas em mercados ilícitos ainda excedem as transações legais, embora mais de metade dos americanos tenham acesso legal

Um relatório recente destaca a persistência das vendas ilícitas de cannabis em comparação com as transações legais, destacando que o preço e a conveniência estão a levar os consumidores ao mercado negro.

A predominância do mercado ilícito

Segundo Novo relatório de dados de fronteira, as vendas ilícitas de cannabis no mercado ainda excedem as transações legais, embora mais de metade dos americanos tenham acesso legal à cannabis com alto teor de THC. Em 2022, as vendas ilícitas de cannabis atingiram 74 mil milhões de dólares, ultrapassando em muito as vendas legais de 28 mil milhões de dólares.

A projeção é clara: espera-se que as vendas ilícitas excedam as vendas legais até 2030, mesmo em estados onde a cannabis é legal.

Um cenário competitivo crucial

O mercado competitivo poderá fazer a diferença para a sobrevivência dos operadores licenciados. O relatório oferece conselhos para expandir o mercado legal e colmatar a lacuna com o seu homólogo não regulamentado.

Alcançando clientes onde eles estão

O relatório sublinha a necessidade de informações factuais e transparentes sobre o cannabis destinada a potenciais usuários, especialmente os idosos e as mulheres que manifestaram interesse, mas permanecem hesitantes. As iniciativas educativas podem incluir desmascarar mitos, explicar aspectos legais e de segurança e destacar os benefícios medicinais.

O uso de diversas plataformas, como mídia social, divulgação da comunidade ou fóruns do Reddit, também foi sugerido para atingir um público mais amplo de forma mais eficaz quando a publicidade tradicional não é garantida.

Melhorando o acesso aos canais legais

Melhorar o acesso aos canais legais de cannabis é outro factor crucial, incluindo o estabelecimento de pontos de venda mais convenientes e plataformas online de fácil utilização.

“Os utilizadores frequentes que obtêm os seus fornecimentos principalmente junto de revendedores vivem desproporcionalmente em áreas urbanas, onde podem ou não ter transporte conveniente para os dispensários”, afirma o relatório. “Eles tendem a ter rendimentos mais baixos e a comprar cannabis em quantidades menores do que os compradores nas lojas, mas consomem com muita frequência e, portanto, precisariam de poder fazer viagens frequentes a um dispensário.”

Nos estados que só permitem o uso medicinal, a simplificação do processo de obtenção de cartões de cannabis medicinal poderia encorajar uma maior participação no mercado legal.

O fator preço

No entanto, o preço continua a ser um fator determinante. O relatório sugere que a oferta de uma vasta gama de produtos, desde diferentes variedades até diversas formas de consumo, como alimentos e óleos, poderia atrair uma base de consumidores mais diversificada. Essa faixa também deve incluir uma variedade de faixas de preço.

“Os consumidores que dependem de revendedores para obter cannabis em mercados recreativos têm rendimentos significativamente mais baixos, em média, do que os consumidores que obtêm cannabis de amigos/familiares, e ambos os grupos têm rendimentos familiares mais baixos, em média, em relação aos compradores nas lojas”, afirma o relatório. “Os varejistas devem ter como objetivo oferecer produtos com preços variados e oferecer promoções de fidelidade ou descontos sempre que possível.”

Colaboração com Reguladores e Profissionais de Saúde

A colaboração com reguladores e profissionais de saúde também é citada como uma estratégia fundamental. Este tipo de colaboração poderia levar a políticas e regulamentações mais informadas, promovendo o crescimento do mercado e ao mesmo tempo considerando a segurança pública. Envolver os profissionais de saúde na educação sobre cannabis também pode levar a recomendações mais informadas aos pacientes, aumentando assim o número de consumidores de cannabis medicinal.

O relatório também destaca os benefícios da transparência e da conformidade. A adesão a normas rigorosas de controlo de qualidade, garantindo a transparência na proveniência e rotulagem dos produtos, bem como a conformidade com as normas regulamentares, são essenciais para construir a confiança do consumidor e apoiar o crescimento a longo prazo.

Tags: Cannabis Recreativa e Legalização
Mestre Weed

O autor Mestre Weed

Emissora de mídia e gerente de comunicações especializada em cannabis legal. Você sabe o que eles dizem? conhecimento é poder. Compreenda a ciência por trás da medicina cannabis, enquanto se mantém atualizado com as pesquisas, tratamentos e produtos mais recentes relacionados à saúde. Mantenha-se atualizado com as últimas notícias e ideias sobre legalização, leis, movimentos políticos. Descubra dicas, truques e guias práticos dos cultivadores mais experientes do planeta, bem como as últimas pesquisas e descobertas da comunidade científica sobre as qualidades médicas da cannabis.