fechar
CBD

Cientistas brasileiros testam CBD para sintomas de longo prazo de COVID-19

O canabidiol será testado contra os efeitos do "long covid"

Au Brasil, os cientistas estão na terceira fase da pesquisa sobre o CBD como um tratamento para Covid-Long, isso significa que os pacientes apresentam sintomas de COVID-19 por mais de 60 dias. Os efeitos do Covid-long podem ocorrer meses após a infecção, incluindo fadiga, dores de cabeça, fraqueza muscular e insônia.

Cientistas brasileiros estão se preparando para a fase três do primeiro estudo em humanos sobre os efeitos do canabidiol (CBD) no tratamento da síndrome pós-covideal. Esta síndrome é qualificada como tal quando certos sintomas persistem mais de 60 dias após a infecção. Os especialistas acreditam que o CBD, um dos componentes ativos da cannabis, é eficaz na redução dos problemas relatados pelos pacientes.

Esses sintomas persistentes se devem em parte à exagerada resposta imunológica do corpo ao vírus. Essa reação, por sua vez, leva a um desequilíbrio na produção das proteínas do sistema imunológico, as citocinas. O CBD já provou sua eficácia no tratamento de doenças inflamatórias graves. A ideia é recrutar mil voluntários para o estudo, que tem início previsto para outubro deste ano.

ler :  O canabidiol alivia o desejo pelo vício em heroína

"Algum estudos internacionais já demonstraram o efeito antiinflamatório do CBD, que pode ajudar a controlar essa "tempestade de citocinas", afirma o cardiologista Edimar Bocchi. Ele faz parte do Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP, que coordenará as novas pesquisas em parceria com a canadense Verdemed, produtora do CBD medicinal. “A síndrome pós-covidiana causa uma deterioração significativa na qualidade de vida. São sintomas que podem persistir por mais de três meses, como fadiga, astenia, fibromialgia, falta de ar, palpitações, dores no corpo, perda de memória, distúrbios do sono. "

O “covidy” causado pelo coronavírus, Sars-Cov2, é inicialmente respiratório, mas pode se tornar sistêmico. Então, o vírus pode atacar vários órgãos. Normalmente, a doença dura apenas alguns dias. No entanto, de acordo com estatísticas internacionais, quase 20% dos pacientes apresentam sintomas dois meses após o início da doença. 10% dos pacientes ainda apresentam problemas após oito meses. Além disso, Covid-longue aparece frequentemente em pacientes que tiveram formas graves da doença; no entanto, essa forma foi observada em pessoas que não foram hospitalizadas.

ler :  Síndrome pós-alucinatória persistente

“Na prática clínica, já conhecemos esse efeito antiinflamatório do CBD”, explica a Dra. Paula Dall'Stella, considerada pioneira na prescrição médica de cannabis no Brasil. “O CBD tem sucesso em inibir algumas das mesmas vias inflamatórias que covid eventualmente funciona. Mas não é apenas no contexto físico, mas também mentalmente. Nesses casos, é comum o estresse pós-traumático, com taquicardia, ansiedade, lembranças recorrentes do que aconteceu no hospital. O CBD ajuda essas pessoas a ter uma vida mais saudável, ajuda o corpo a funcionar adequadamente. "

A Verdemed já entrou com o pedido de registro do produto na Anvisa. Ela quer vender no Brasil. A empresa espera obter o lançamento até o início de 2022. Após um longo período pandêmico, ainda bastante intenso em algumas partes do mundo, o pós-covírus é atualmente também um grande desafio para os médicos.

“Porque já se espera que parte da população tenha sequelas graves”, diz Edimar Bocchi. “Precisamos de meios para tirar essas pessoas do sofrimento e melhorar sua qualidade de vida”, diz a especialista.


Tags: Brasilcanabidiolcoronavírus (COVID-19Traição
weedmaster

O autor weedmaster

Locutor de mídia e gerente de comunicações especializado em cannabis legal. Você sabe o que eles dizem? conhecimento é poder. Compreenda a ciência por trás da medicina cannabis, enquanto se mantém atualizado com as últimas pesquisas, tratamentos e produtos relacionados à saúde. Mantenha-se atualizado com as últimas notícias e ideias sobre legalização, leis, movimentos políticos. Descubra dicas, truques e guias de como fazer dos produtores mais experientes do planeta, bem como as últimas pesquisas e descobertas da comunidade científica sobre as qualidades médicas da cannabis.